domingo, 15 de março de 2009

Engatando A RÉ - Creu!

Olá conectados!

Mais uma semana se passou – ou está começando? – e eu estou aqui, escrevendo, em mais um domingo. Hoje, citarei algumas músicas...

Ressalto que ainda continuo indignado com os últimos acontecimentos políticos – um absurdo! – mas, pelo menos, desabafei e fiz a minha parte: indignei-me e deixei registrada a minha indignação, no último post, do domingo passado – Elle está de volta. Dê uma olhadinha depois e ponha a boca no trombone, também, como fizeram alguns conectados.

Vamos lá! Indigne-se com a corja que está no poder...comente! Isso ajuda bastante, pois externa o que está entalado na garganta. Sabe aquela música do Titãs, “Vossa Excelência”? Gostaria tanto de poder me encontrar com Renan Calheiros, José Sarney, Fernando Collor, José Dirceu, Antônio Palocci, Agaciel Maia e outros tantos do colarinho branco, e cantar apenas o refrão da música citada. Vocês conhecem? Vejam-na no link http://vagalume.uol.com.br/titas/vossa-excelencia.html

Que tal?

Vamos mudar de assunto? A minha pressão subiu um pouco...

Nesse domingo, falarei sobre música.

Já perceberam a diversidade musical encontrada no território nacional? É incrível! É admirável e faz bem à democracia cultural. Mas, nada se cria, tudo se copia. Uma é cópia da outra e vice-versa. Não posso afirmar com 100% de convicção de que isso é fato, porém, ao analisarmos os “ritmos-primos”: axé e funk, conseguimos encontrar semelhanças, como por exemplo, a música sensação do verão...passado, “Dança do Creu!” http://vagalume.uol.com.br/mc-creu-funk/danca-do-creu.html que, por coincidência ou não, lembra a “Marcha Ré” http://vagalume.uol.com.br/terra-samba/marcha-re.html do Terra Samba. Lembra dele? Tudo bem, logo, logo esquecerão o Creu, também.

Abaixo, uma breve comparação dessas primazias da música nacional. Sucessos efêmeros, beeem passageiros mesmo, e possuidores de letras bastante complexas, com rimas ricas e superagradáveis para se dançar. Não fique “boladão” ou “boladona”! Relaxe e cante com os Beethoven(s) popularescos.

MC Creu – Dança do Creu

A primeira é devagarzinho (...)

Creeeuuu creeeuuu creeeuuu se ligou de novo creeeuuu
creeeuuu creeeuuu

Numero dois
Creeuu creeuu creeuu creeuu creeuu creeuu,

Numero três
Creuu creuu creuu creuu creuu creuu creuu creuu creuu
creuu creuu creuu

Agora eu quero ver na quatro hein
Creu tá aumentando mané

(...)a numero cinco hein dj (...)
creeuu..
creu creu creu creu creu creu creu creu creu creu creu
creu creu creu creu creu creu creu creu creu creu creu

Terra Samba – March Ré

Passa a primeira
Treme treme treme treme treme treme treme sem parar
A segunda
Treme treme treme treme treme treme treme sem parar
A terceira
Treme treme treme treme treme treme treme sem parar

Engate a ré ré ré ré
Engate a ré sambe na pontinha do pé
Engate a ré ré ré ré
Engate a ré sambe na pontinha do pé

MC Creu engatou a ré, foi diretamente ao passado, repintou a música Marcha Ré e fez um antigo novo sucesso: Creeeeuu...

Coincidência? Não, não...criatividade acima da média!

Um abraço,


Pode lhe interessar também:
- divulgue seu site gratuitamente
- tenha um formulário de contato grátis
- compartilhe e organize suas músicas online
- tenha um site pagando apenas R$ 60,00 por mês e mais nada...

* POSTAGENS POR E-MAIL.
Banner Piovezam Web Sites - Tenha um site com plano mensal. Pague apenas R$ 60,00 por mês e mais nada.

Este post contém: 6 comentários...xP

Kawan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kawan disse...

Eu concordo com tudo que você disse, mas em minha opinião, há certos tipos de músicas que devemos ignorar, pois na há nem um pouco de cultura contida, tal como as duas últimas músicas que foi citado em teu texto (Créu e Macha ré)VERGONHA NACIONAL, isso apenas aumenta a opinião mundial sobre nosso país: BRASIL É O PAÍS DO SEXO, até pudera eles pensarem assim, olha o tipo de música que faz sucesso... muito bom seu blog, vou acompanha-lo sempre, abraço

Kawan ( www.madeinrubim.com )

O Melhor do Metal disse...

Concordo também

Mais qe bundas akelas mulheres do créu tem heeein ! MEEEU PAAAU!

Eliane Pechim disse...

Eu moro nos EUA e aqui nem comercial de modelo com biquini existe. Tirando a parte de que há muito puritanismo aqui, concordo que essas grupos que surgem no Brasil sao muito escrotos. Nao bastasse o baixo nivel a qualidade musical é zero! Vale lembrar que aqui os grupos de rap nao ficam muito atras. As letras das musicas deles giram em torno de prostitutas, bundas, carroes e o universo de gangues. Ou seja, cada pais com seu mau gosto e pessimo exemplo!

JaCoNa disse...

Pra mim isso aew nem eh musik... ¬¬
Sow se aproveita a batida e olhe lah!! Bom blog! ;)

xeru

http://jaconapacheco.blogspot.com/

mat disse...

Funk é música?
Qualquer coisa é melhor que isso!!!
E o pior!!! Isso esta em toda a parte(principalmente aqui no Rio de Janeiro)

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

  ©Modificações by Felipe.